Skip to main content

Pastora destrói santo e provoca polêmica

No interior de São Paulo, na cidade de Botucatu, uma igreja evangélica deu o que falar essa semana.

O vídeo postado no facebook foi visualizado por milhares de pessoas; nele uma mulher que seria a pastora da igreja, aparece destruindo imagens de santos como Nossa Senhora Aparecida.

A pessoa que postou o vídeo, apagou minutos depois que viu a repercussão negativa do mesmo.

Entretanto outras pessoas já tinham salvo e continuaram repassando por WhatsApp e repostando nas redes sociais.

Os internautas que conseguiram ter acesso a filmagem, ficaram revoltados com o descarado desrespeito. Um deles comentou “ela ainda se diz pastora? vai é queimar no inferno”.

Veja o vídeo que está provocando a polêmica:

O ritual da igreja evangélica exibido na gravação, consiste na pastora martelar a imagem da santa, rodeada por fiéis que fazem diversas orações.

Palavras de glorificação são proferidas durante todo o acontecimento. De acordo com testemunhas, a prática acontece a muito tempo e se assemelha a um tipo de ‘batismo’. Toda vez que se tem um novo convertido na igreja, os fiéis se reúnem para destruir imagens de santos.

O ritual que se permeia em uma falta de respeito enorme com outras religiões, está para ser investigado pelo Conselho Municipal de Pastores.