Home a Mulher de 51 anos dá à luz 21º filho em Aracaju e diz que quer mais

Mulher de 51 anos dá à luz 21º filho em Aracaju e diz que quer mais

Sebastiana Maria da Conceição tem 51 anos e, na comunidade onde mora, ela é mais conhecida como ‘Pouco Filhos’. A mulher ganhou esse apelido por causa dos 21 bebês que trouxe ao mundo, todos nascidos de parto normal.

O último filho nasceu no dia 13 de fevereiro na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, em Aracaju, com 3.040 kg e 46,5 cm. Os três filhos mais novos de dona Sebastiana têm um ano e seis meses, dois anos e oito meses e três anos e onze meses.

A mulher conta que o seu primeiro filho nasceu quando ela tinha 13 anos e não sabia quase nada sobre a vida. Mas foi depois que ficou “com idade mais avançada” que Sebastiana começou a ter um filho atrás do outro.

Ela exibe o bebê ainda na maternidade ao repórter do G1. O menino ainda não tinha nome mas, durante a conversa, Sebastiana pergunta o nome do entrevistador. Ela achou diferente e bonito e batizou ali na hora: o bebê ganhou o nome de Tássio da Conceição Souza.

Juliana Costa, assessora de comunicação da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, diz que a mulher gosta de nomes diferentes, tendo batizado sua última menina com nome de Damaris, o mesmo de uma enfermeira do hospital. “Sebastiana teve os últimos seis filhos aqui na maternidade Nossa Senhora de Lourdes e procura sempre por nomes pouco comuns”, disse.

“Sou uma mulher forte, em nenhum momento eu tive medo. Sou boa de barriga, todos nasceram de parto normal e eu nunca quis fazer cirurgia para ligar. Penso que esse será o último, mas eu confesso que gostaria de ter outro bebê. Mas isso só Deus sabe”, contou Sebastiana animada.

A saúde do bebê e Sebastiana foram a maior preocupação da equipe médica da maternidade, pois ela teve pré-eclâmpsia, que é quando a pressão arterial da gestante é muito elevada durante a gravidez. A gestação foi de alto risco, segundo o médico obstetra Luis Eduardo Padro Correia, superintendente da maternidade.

“Ela teve esse problema de pressão arterial alta, o que é algo grave. O que facilitou a evolução do parto foi o fato dela ter tido muitos partos normais. Apesar do risco elevado, mãe e filho passam muito bem”, disse o médico.

Dona Sebastiana diz que nasceu para ser mãe de muitos filhos, sendo que 18 deles estão vivos hoje em dia. “Sempre me vi uma mãe cheia de crianças, tenho certeza que esse era o meu destino!”, afirma. O marido dela tem a mesma idade e os dois foram pais de 11 bebês do sexo masculino e 10 do feminino.

Ela diz que muita gente fica curiosa e pergunta se a criança é neta dela. “Todos acham que sou a avó dos meus filhos, quando digo que sou a mãe as pessoas se assustam. Me olham de forma estranha, mas eu não ligo pra isso. Cuido dos meus filhos e amo muito todos eles, é uma virtude que Deus me deu. Ser mãe aos 51 anos, não tenha dúvida, é uma felicidade que não tem explicação”, diz Sebastiana sorridente

Você pode gostar disso...