Skip to main content

Ela perdeu o bebê e o que aconteceu dias depois fará você acreditar em milagres

Mãe de dois filhos, a irlandesa Michelle Hui esperava pelo seu terceiro filho. Estava muito contente e feliz.

No entanto, na sexta semana de gestação, enquanto se dirigia ao trabalho, numa estação de trem, passou a sentir fortes dores de contração.

Em casa, estava o marido com os dois filhos, quando ele recebe um telefonema desesperado de sua mulher, dizendo que achava que tinha perdido o bebê.

Quando chegou ao hospital, em Dublin, as suspeitas se confirmaram. Ela tinha sofrido um aborto natural.

Repetiram a ultrassom 5 vezes, confirmando que o aborto estava em andamento. Assim, ela teria que passar a noite no hospital para expelir o que sobrara do feto.

Depois daquilo tudo, Michelle ainda teve que voltar ao hospital, pois os resultados do exame indicavam que ainda haveria coágulos retidos no útero dela.

Porém, quando Michelle chegou ao hospital, a grande surpresa. O médico percebeu que ainda havia batimentos cardíacos!

Parecia um milagre, pois a verdade é que Michelle estava grávida de gêmeos e um dele sobrevivera ao aborto.

A criança nasceu saudável e normal. Foi um verdadeiro milagre, pois os remédios que deram à jovem no hospital, quando ela abortou, seriam capazes de matar um feto com 8 meses de gestação.

A notícia percorreu o mundo e profissionais de todo lado concordaram que era mesmo muito difícil a criação ter sobrevivido. Mas o fato é que ela sobreviveu!